RSS

Coração de um Anjo – Livro II (Trecho)

18 mar

Aprisionado na caverna
da multiplicidade de si mesmo
busca o Anjo em uma imagem
desencontrada frente ao espelho
distorcida e guardada
feito ferida amarga
na voz silenciada do seu peito
a historia estraçalhada
da origem dos fantasmas
emaranhados nas linhas trágicas
do seu desassossego
em um livro poético
escrito inverso
no voar de um poeta avesso
contraditório de amor
pela complexidade do seu texto
e confuso de dor no seio
do leito profundo e caudaloso
do rio sem curso do seu medo
escrito em sacrifício a sangue
turvo, denso e provocante
na carne de angustia sem fé gritante
em lágrimas de dor pelo desejo
de se achar entre pedaços
e palavras distantes
caladas no ritual errante
da profanação dos seus pesadelos
milimetricamente desencontrados
na rota obscura e louca
da desconexão do seu paradeiro
devorador, antropofágico e imperfeito
mascarado sem cor pelo surdo apelo
de um corpo libertário
de traços em chagas quase inteiro
pela salvação dos seus dilacerados
sonhos inocentes apaixonados
que pelo mar são salgados
a invisíveis olhos negros
cansados do gosto amargo
de ser tristemente rotulado
Anjo nu literário
sem corpo e asas verdadeiros
encravado a fel
nas marcas do retrato desbotado
idealizado de amor perfeito
onde abraçado quase vive naufrago
no oceano imaginado
em inferno pensamento
pela violenta falta
do que não compreende
como verdadeiro acerto
dentro de um predestinado
mapa versadamente tatuado
na pele transparente e clara
do que sem razão não tem direito
a paz em sua existência
de improváveis imensos erros
inconstantes pela condição
de ser do ar irrespirável navegante
desprovido da liberdade inebriante
infiel na clareza dos horizontes
que possam com paixão livrá-lo
da prisão cruel e angustiante
do desacerto das sombras lancinantes
que retratam e assombram
o eu desconhecido de um ser
que morre e renasce
eternamente em uma batalha
imprevisível e conflitante
no sagrado coração
da sua própria alma.

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 18/03/2011 em Uncategorized

 

Uma resposta para “Coração de um Anjo – Livro II (Trecho)

  1. Wilson Rossatto

    18/03/2011 at 16:31

    Nossa Monica, estou turbado, perplexo, magistral tua poesia, penso e sinto… identifico-me a tudo do seu dito e digo… Poiesis a tua poesia… Mais que valeu… Varreu minha alma e corpo e mais e além…

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: